Porto de Morro de São Paulo

Morro de São Paulo | Bahia

Parque das Aves

Foz do Iguaçu | Paraná

Estação da Luz

São Paulo | SP

Terceira Praia

Morro de São Paulo | Bahia

quarta-feira, 17 de abril de 2013

Tower Bridge | Catedral de Saint Paul | Millenium Bridge

Dessa vez tomamos café no hotel e não nos decepcionamos (5 libras cada). Apesar de simples, o buffet era muito parecido com o que estamos acostumados no Brasil. Pontos negativos: não haviam frios e frutas frescas, as únicas oferecidas eram em compotas, aquelas enlatadas que vemos nos supermercados.

Nosso primeiro tour foi para conhecer a Tower Bridge. Optamos por visitá-la a partir da City (City of London), distrito financeiro de Londres e principal centro financeiro da Europa.



A Torre de Londres e ao fundo, o The Shard, o edifício mais alto da Europa desde 2011
Esse foi um dia nublado e de muito frio, com garoa e um vento cortante! Foi muito difícil tirar as mãos dos bolsos para fotografar, mas ainda sim, conseguimos fazer belos registros da ponte. 

O brasão da City
"Domine dirige nos"

Torre de Londres e o The Shard, ao fundo
Demos umas voltas pela City e tomamos um café no Pret A Manger pra esquentar. Depois, seguimos para o outro lado da Tower Bridge e fizemos muitas fotos. 

London under construction
A Prefeitura de Londres e o The Shard, ao fundo
Várias ruas te levam à Tower Bridge
O frio continua insuportável, mas resistimos bravamente. Tivemos a sorte de ver a ponte se abrindo para a passagem de uma embarcação pequena. Mais tarde, passando sob a Westminster Bridge vimos um navio gigantesco cruzando a ponte.

E vimos a Tower Bridge se abrindo...

para a passagem de navios


O The Shard
Voltamos à City e seguimos para a Catedral de Saint Paul. Compramos os ingressos a 30 libras cada (nada barato!), que inclui a visita à cúpula da catedral. 

Projetada por Christopher Wren, a catedral impressiona tanto pela sua suntuosidade como pela sua história. A primeira construção foi iniciada no ano de 604 e última construção em 1677. Durante os bombardeios da Blitz de outubro 1640 e abril de 1941, a catedral sofreu muitos danos, mas se manteve de pé. A catedral escapou de ser totalmente destruída com a descoberta de outras bombas, que estavam escondidas em seu interior.

A Catedral de Saint Paul
Na entrada você retira um audio guide (Ipod Touch) explicando direitinho em 90 minutos a história da catedral. Foi na Saint Paul que o príncipe Charles se casou com a Lady Diana, em 1981. Também ocorreu aqui a celebração do jubileu de ouro e o aniversário de 80 anos da Rainha Elizabeth II.

A catedral foi completamente destruída no grande incêndio em 1666.
Alguns eventos como o casamento do Príncipe Charles com a Lady Diana, em 1981 e alguns dos ilustres ali sepultados estão: Duque de Wellington, Alexander Fleming, Almirante Nelson e Christoper Whren (o primeiro a ser enterrado, em 1723).

Acima de sua cripta, há a seguinte inscrição: "LECTOR, si monumentum requiris, circumspice", que quer dizer “Leitor, se procuras um monumento, olhe em torno de você”.



Sua cúpula é a segunda maior do mundo (a primeira é a da Basílica de São Pedro, no Vaticano). Há muito a ser explorado dentro da catedral, como por exemplo, a Golden Gallery. Para chegar lá, deve-se encarar nada mais nada menos de 528 degraus. O prêmio: uma visão de 360º que permite avistar a cidade e alguns de seus principais pontos turísticos como a Tower Bridge, o The Shard, a London Eye e o Palácio de Buckingham. Em dias claros, é possível avistar o Wembley Arche o Estádio Olímpico. Infelizmente nós não encaramos o desafio..


O dragão, símbolo da City (sua parte mais antiga)
Fotos do interior da catedral? Infelizmente não eram permitidas dentro da catedral. Então, tudo que carregaremos serão as memórias fotográficas de todas as belezas.

Saímos da catedral pra lá de famintos. Já era tarde e temíamos não encontrar o que comer (difícil, não?). Caminhamos pela "City" e dentro de um centro comercial moderno, com escritórios, lojas e restaurantes, foi que nos simpatizamos pelo Rizzi, um restaurante italiano aconchegante e muito convidativo.

Olhamos o cardápio na porta e entramos sem cerimônias. Ponto alto: em todos os restaurantes que fomos ou que demos uma espiadinha, o cardápio estava ali, na porta com preços e todas as informações. Nossos pedidos: o Edu optou pelo penne com molho vermelho e eu uma lasanha a bolonhesa. Tudo estava delicioso!

Penne

Lasanha com salada
Após o delicioso almoço, seguimos a pé até a Millennium Bridge. O frio, que estava intenso, ventava e garoava, mas conseguimos fazer vários registros.

Millenium Bridge e a cúpula da Saint Paul ao fundo
Millennium Bridge

A Millennium Bridge foi inaugurada no ano 2000 pela Rainha Elizabeth II. A ponte cruza o Rio Tâmisa, unindo a City of London à zona de Bankside. 


Por conta da vibrações e instabilidades, a ponte foi interditada dois dias depois de inaugurada. Somente após quase dois anos a ponte foi reaberta e definitivamente se tornou mais um cartão postal da cidade.



As celebrações do início do terceiro milênio
Tudo ao mesmo tempo: Millennium Bridge, The Shard, The Shard


Torre de Londres e o The Shard
No jantar, optamos por um lanchinho no Pret A Manger. 

Lanchinhos do Pret
Retornamos exaustos para o hotel para um merecido descanso. Londres estava a nossa espera no dia seguinte.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...